quarta-feira, 31 de outubro de 2012


FRASES CÉLEBRES


"O CIENTISTA NÃO É O HOMEM QUE FORNECE AS VERDADEIRAS RESPOSTAS; É QUEM FAZ AS VERDADEIRAS PERGUNTAS." - CLAUDE LÉVI-STRAUSS

CLAUDE LÉVI-STRAUSS


Professor, antropólogo, filósofo, pensador e etnólogo, Claude Lévi-Strauss, nascido na cidade de Bruxelas, capital da Bélgica em 28 de novembro de 1908. Falecido em Paris,França, no dia 31 de outubro de 2009, com 100 anos e há 28 dias de completar 101 anos, Claude Lévi-Strauss é um dos maiores filósofos do século XX. Considerado o responsável pela renovação dos conceitos da antropologia e dos estudos dos fenômenos sociais e culturais, incluindo mitos, tem no livro ‘’The raw and the cooked’’ (O cru e o cozido), do qual foi extraída a frase em epígrafe, uma das muitas de suas obras. Convidado para ser professor de sociologia, na então recém-fundada Universidade de São Paulo, Claude Lévi-Strauss, morou no Brasil de 1935 a 1939. Não gostava das cidades, nem de São Paulo, nem do Rio de Janeiro, porém, ficava fascinado ao visitar ás aldeias, indígenas, brasileiras, durante as suas férias. Conheceu os índios das tribos Cadiueus e Bororós (na região onde é hoje o estado de Mato Grosso do Sul); os Nambiquaras de Mato Grosso e ainda os Tupi-cavaíbas no Alto do Machado, um rio do estado do Amazonas. O resultado dessas experiências deu origem ao livro Trópicos Tristes, que foi publicado em 1955, sendo considerado a melhor de suas obras,tornando-se este livro, um clássico da antropologia. Segundo o próprio Claude Lévi-Strauss, foi na visita e no contato com os indígenas brasileiros que ele descobriu sua grande vocação para a etnologia e para a antropologia, da qual ele renovou conceitos, como já vimos acima. Filho de família judia,durante a 2ª Guerra Mundial, exilou-se nos EUA. Embora tenha vivido a maior parte de sua vida na França, Claude Lévi-Strauss, também estudou a vida,os hábitos e o comportamento dos índios norte-americanos. Ultimamente sofria do Mal de Parkinson. Entre diversas homenagens recebeu aos 97 anos, o 17º Prêmio Internacional Catalunha, na Espanha. Ao receber o prêmio ele disse: "Fico emocionado, porque não estou na idade em que se dão prêmios; pois sou muito velho para fazer parte de um corpo de jurados. Meu único desejo é um pouco mais de respeito para o mundo, que começou sem o ser humano e vai terminar sem ele - isto é algo que sempre deveria ser presente."

Pesquisa realizada por Benigno Antonio Hermida Pinheiro Freire, com o apoio de Yuri Barbosa dos Santos Hermida Pinheiro Freire

Curiosity encontra em Marte minerais semelhantes aos de vulcão havaiano

Curiosity


Cientistas afirmaram nesta terça-feira (30) que o solo de Marte contém minerais similares aos encontrados no vulcão Mauna Kea, no Havaí. As descobertas anunciadas nesta terça-feira (30) representam o último passo para o melhor entendimento para saber se o ambiente no planeta vermelho seria acolhedor para vida microbiana.  O jipe-robô Curiosity ingeriu a primeira amostra de solo e usou um de seus instrumentos para destrinchar os minerais contidos na amostra. Uma análise revelou que continha feldspato e olivina, minerais tipicamente associados a erupções vulcânicas. O Curiosity pousou no solo marciano em agosto em uma cratera próxima ao equador de Marte. Durante este período, enviou milhares de fotos do planeta vermelho, fotografou eclipse em Marte e encontrou indícios de um antigo rio. Atualmente o planeta vermelho é seco e coberto de poeira, mas cientistas acreditam que no passado era mais quente e úmido. 

Fontes: Último Segundo e iG


Ex-mulher de Dirceu diz que ele ‘paga por Lula’

 Clara Becker - Foto de Liane Neves


Ex-mulher do réu condenado José Dirceu, Clara Becker disse que ele “não é ladrão”. Expressando-se no condicional, declarou: “Se ele fez algum pecado, foi pagar para vagabundo que não aceita mudar o país sem ganhar um dinheiro. Se ele pagou, foi pelos projetos do Lula, que mudou o Brasil…” Clara conversou com a repórter Débora Bergamasco. Sobre a perspectiva de detenção do ex-marido, pai do seu filho, o deputado Zeca Dirceu, Clara soou dramática: “Meu medo é que ele se mate na prisão.” Em timbre de indignação, Clara insinuou que petistas como Dirceu e José Genoino sacrificam-se para preservar outra pessoa. “Eles estão pagando pelo Lula. Ou você acha que o Lula não sabia das coisas, se é que houve alguma coisa errada? Eles assumiram os compromissos e estão se sacrificando.” Considerando-se a solidariedade do PT aos companheiros condenados, as palavras da ex-mulher de Dirceu fazem nexo.  

Fontes: paraiba.com.br e Portal Uol 

terça-feira, 30 de outubro de 2012

CURIOSIDADES
 
 TAPAH UM DESCONHECIDO RARO E DELICIOSO PEIXE
O TAPAH EM SEU HABITAT NATURAL

Alguns gourmets, especialistas em carnes de peixe, que tiveram a sorte de degustar o Tapah, consideram este peixe, como o mais saboroso peixe do mundo. Segundo eles, sua carne tem um sabor único e inigualável. Mas, por que então o Tapah é tão pouco conhecido nas artes culinárias? E por que até mesmo muitos apreciadores de carnes de peixe, desconhecem a sua existência? Acontece que o Tapah, ou Ikan Tapah, como também é conhecido, é um peixe de água doce raríssimo, que é encontrado em poucos lugares, sua ocorrência maior está em alguns rios da Ilha de Bornéu, na Ásia.
UM PESCACADOR DE SORTE COM SEU TAPAH
   
Além de tudo isso, o Tapah, que tem hábitos noturnos, é astuto, não se deixando apanhar com facilidade. Mesmo os nativos da Ilha de Bornéu, acostumados com a sua pesca, tem dificuldades para encontra-los e para pega-los. Por isso, é tão pouco conhecido. Seu nome científico é Attu Wallago, mas mesmo a ciência, sabe pouco sobre ele.   

Pesquisa feita por Benigno Antonio Hermida Pinheiro Freire, com apoio e montagem de Yuri Barbosa dos Santos Hermida Pinheiro Freire


Sem mágica: passar no Enem depende deestudo e concentração

 
 


Concentração e muito estudo. Essa é a principal dica de quem já passou no Exame Nacional do Ensino Médio para os que estão se preparando para as provas deste fim de semana. "É importante ficar atento, dormir bem. Como é uma prova cansativa, tem que estar bem concentrado, é bom descansar um dia antes", aconselha o estudante de economia Hildemberg Leite Anselmo Junior, que foi aprovado quando tinha 19 anos e hoje cursa o 6º semestre na Universidade Presbiteriana Mackenzie, em São Paulo, com uma bolsa integral pelo Programa Universidade para Todos (ProUni). Hildemberg fez a prova do Enem no último ano da Escola Professor Rogério Levorin, na cidade de Francisco Morato, mas que não passou. Somente no ano seguinte, em 2010, após se preparar fazendo cursinho - e com uma rotina diária de, pelo menos, 10 horas de estudos -, foi que ele resolveu fazer, além do vestibular, as provas do exame. "Por descargo de consciência", conta. O resultado foi uma nota suficiente para passar na Federal do ABC e na Mackenzie, além da aprovação em 5º lugar de um total de oito que foram beneficiados pelo ProUni, o que lhe rendeu a vaga na PUC-SP. Hoje, ele estagia no núcleo de pesquisas da instituição. Diferentemente de Hildemberg, o estudante José Henrique Medeiros Monteiro, 18 anos, que cursa o segundo semestre de Engenharia Civil na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP), passou no Enem em 2011 logo após terminar o ensino médio no Colégio Vértice - Unidade II, também na Capital. A escola de José Henrique ficou em 4º lugar no ranking das melhores escolas segundo o Enem. De acordo com ele, a instituição teve um grande papel para sua aprovação fazendo simulados para o exame e outros vestibulares. "Estávamos craques em fazer esse tipo de prova", afirma o estudante. "Não era só automático, a escola prezava muito mais saber a matéria do que fazer os testes, tanto na parte dissertativa quanto na de múltipla escolha", completa. Para os candidatos inscritos no Enem deste ano, José Henrique não indica nada além de determinação e concentração. Para ele, estudar para as provas ao longo do ano na escola foi essencial para obter sucesso no exame. "Comecei a estudar muito porque queria passar em uma boa faculdade", conta. Além disso, o que impulsionou o jovem também foi acreditar que o último ano da escola não serve apenas para passar em um processo seletivo. "É para sua formação pessoal", diz. Além dos estudos, o hábito de ler também ajuda bastante. José Henrique afirma que a melhor dica é manter sempre a leitura em dia, pois as provas do Enem exigem uma concentração extra por abordarem bastante texto. "A pessoa não pode pensar que só porque está estudando não tem tempo para ler. Um livro, mesmo que para relaxar, ajuda muito no Enem, que exige concentração", afirma. O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi criado em 1998 pelo governo federal com o objetivo de avaliar o desempenho do estudante ao fim da educação básica. A partir de 2009, o teste passou a ser utilizado também como mecanismo de seleção para ingresso no ensino superior. Neste ano, as provas serão aplicadas nos dias 3 e 4 de novembro, sábado e domingo, em todo o País, a partir das 13h (pelo horário de Brasília). No primeiro dia, o candidato resolverá as questões de Ciências Humanas e suas Tecnologias e de Ciências da Natureza e suas Tecnologias, com duração de 4 horas e 30 minutos, contadas a partir da autorização do aplicador para início das provas. No segundo dia, serão realizados os testes de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias, e Redação, com duração de 5 horas e 30 minutos, igualmente contadas a partir da autorização. O participante só poderá levar o caderno de questões ao deixar em definitivo a sala nos últimos 30 minutos. O gabarito tem divulgação prevista para 7 de novembro e os resultados, para 28 de dezembro. Desde o dia 10 de outubro, os cartões de confirmação da inscrição contendo número de registro, data, hora e local de realização das provas, indicação de atendimento diferenciado e/ou específico, opção de língua estrangeira e solicitação de certificação (quando for o caso) estão sendo remetidos por via postal para o endereço informado pelo participante. As informações também estarão disponíveis no site http://sistemasenem2.inep.gov.br/. É obrigatória a apresentação de documento de identificação original com foto para a realização das provas. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão responsável pelo exame, recomenda que todos os candidatos compareçam ao local de realização das provas até as 12h (de Brasília). Participantes guardadores de sábado serão acomodados em salas e aguardarão até as 19h para iniciarem as provas no primeiro dia.

Fonte: Portal Terra - Matéria de Renata Crawshaw

Apagão no Nordeste e Norte teve falha humana, diz Aneel

 Nelson Hubner


O diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Nelson Hubner, afirmou hoje que houve falha humana no incidente que gerou o apagão que atingiu Estados do Nordeste e do Norte na madrugada da última sexta-feira (26). "Tem falha humana, sem dúvida nenhuma. No caso do último apagão, de uma proteção de um equipamento que não foi devidamente programada", afirmou. Hubner descartou, porém, que a falha tenha sido intencional. "Não acredito nisso." Hubner afirmou que o governo está buscando formas para coibir a ocorrência de novas falhas como essa. "O sistema brasileiro, sendo tão sofisticado, tem que ter um nível de cobertura em termos de procedimento. Não pode a ação de um elemento qualquer causar um defeito. Temos que ter proteções e é isso que vamos buscar." O diretor destacou, porém, que as causas do incidente só devem ser conhecidas após a conclusão do Relatório de Análise de Proteção (Rap) pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). "A gente entende que isso não pode acontecer no sistema brasileiro. Tivemos um conjunto de falhas, já bem detectadas, tanto de procedimentos, operacionais e falha humana, e isso vai ter que ser tudo corrigido. Estamos vendo ações para que isso não aconteça mais."Hubner confirmou que as novas tarifas para concessionárias de geração e transmissão que apresentaram pedido para renovar as concessões serão conhecidas na próxima quinta-feira (1). As tarifas e indenizações serão detalhadas por empresa e sairão por meio de portaria do Ministério de Minas e Energia, a ser publicada na edição desta quinta-feira no Diário Oficial da União.

Fonte: Último Segundo

segunda-feira, 29 de outubro de 2012


 HISTÓRIA
 
 
A CONVENÇÃO DE GENEBRA


FAMOSO DOCUMENTO ORIGINAL ASSINADO EM 22 DE AGOSTO DE 1864  
"CONVENÇÃO DE GENEBRA" 

A famosa Convenção de Genebra foi assinada há quase 150 (cento e cinqüenta) anos. Foi no dia 22 de agosto de 1864, que ela foi assinada, na cidade de Genebra, na Suiça. De acordo com esta convenção, que é um acordo histórico e humanístico, as nações em guerra, passaram a se compromer a tratar com humanidade os seus prisioneiros. Hoje, este pacto que tem 10 (dez) artigos, está assinado e subscrito por todos os países civilizados do Planeta.

Pesquisa feita por Benigno Antonio Hermida Pinheiro Freire, com apoio e montagem de Yuri Barbosa dos Santos Hermida Pinheiro Freire


Nave de carga Dragon retorna de sua primeira missão

 Dragon  

A nave não-tripulada Dragon, da empresa SpaceX, pousou sem problemas este domingo no Oceano Pacífico, ao retornar de sua primeira missão à Estação Espacial Internacional. O pouso no mar, às 17h22 no horário de Brasília, marcou o fim da primeira missão missão comercial de transporte de carga à Estação, depois de uma permanência de 18 dias no espaço. Depois de recolhida por um barco, a nave está agora sendo levada para o porto de Los Angeles, onde serão descarregadas alguns experimentos científicos, que devem ser entregues à NASA em no máximo 48 horas. Depois a nave será levada para a base da SpaceX, em McGregor, no estado do Texas, onde o restante do material será descarregado - a nave trouxe uma carga total de 759 quilogramas. Estão previstas outras 11 missões da Dragon à Estação Espacial até 2016.
A Dragon é a única das três naves de reabastecimento de carga atualmente disponíveis capaz de trazer materiais científicos de volta à Terra - tanto o ATV europeu quanto o cargeuiro japonês HTV queimam-se na reentrada na atmosfera. A agência espacial JAXA, do Japão, já está preparando uma versão reutilizável do HTV, enquanto a SpaceX planeja uma versão tripulada da Dragon. Outra empresa privada norte-americana, a Orbital Sciences, está fazendo testes de uma outra nave, chamada Cygnus, que deverá fazer sua primeira missão em 2013, levada por um foguete Antares, fabricado pela própria empresa.

Fonte: Site Inovação Tecnológica
  Lula é maior vencedor em 2012
Lula

O saldo das eleições municipais em 5.568 cidades mostra apenas dois partidos relevantes com um acréscimo de prefeituras: o PT e o PSB. Mas os petistas são os maiores vencedores por terem reconquistado a cidade de São Paulo. E no universo do Partido dos Trabalhadores é o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva quem mais faturou.  A vitória de Fernando Haddad contra o tucano José Serra foi arquitetada única e exclusivamente por Lula. Por causa do seu “dedaço”, o ex-presidente da República de 2003 a 2010 foi contestado por parte do establishment petista. Não se importou. Escanteou um nome natural para essa disputa, que era o da senadora (hoje ministra da Cultura) Marta Suplicy (PT-SP). Mesmo quando o projeto teimava em não decolar, Lula não arredou pé. Pressionou a presidente Dilma Rousseff a entrar na campanha de Haddad de maneira explícita quando o petista estava ainda em terceiro lugar. Foi uma manobra arriscada. Haddad registrava o pior desempenho nas pesquisas entre todos os candidatos do partido nas últimas décadas na capital paulista. Ao final, Lula provou que estava certo. Acabou emprestando também a Dilma uma parte da vitória. Ao atender aos apelos de seu antecessor, a atual ocupante do Planalto contrariou o discurso de que estaria muito distante do “PT de raiz”. Dilma se engajou. Gravou depoimentos, subiu em palanques e até cantarolou jingles. Por ocasião do 7 de Setembro, fez um discurso à nação no qual atacou o governo do tucano Fernando Henrique Cardoso (1995-2002). Incendiou a militância petista nas redes sociais. A presidente da República sai do processo mais petista do que entrou –ela começou sua vida partidária no PDT do Rio Grande do Sul, seguidora de Leonel Brizola (1922-2004). Nunca houve risco real de o PT negar a legenda a Dilma para que ela dispute a reeleição em 20914. Mas agora o caminho se tornou muito mais suave. É claro que o PT também sofreu derrotas. Campinas, Salvador, Fortaleza e Diadema, para citar 4 municípios relevantes. Mas mesmo esses reveses ficam minimizados diante da vitória em São Paulo. É possível encontrar em algumas análises a interpretação de que Eduardo Campos é um dos grandes vencedores desta eleição, ao lado do PT e de Lula. É uma interpretação correta. Só que não são vitórias com a mesma octanagem. Campos e o seu PSB ainda representam um grupo político muito menos sólido do que Lula e o petismo. No mais, o PSB conseguiu bons resultados no Sul e no Sudeste. Ocorre que ainda está longe de ser uma agremiação com militância estabelecida nessas regiões do país. Tudo considerado, é claro que Eduardo Campos tem interesse em ser presidente da República. Mas só será candidato em 2014 em condições muito especiais que não existem neste momento –uma derrocada completa da economia e uma queda brusca na popularidade de Dilma. O cenário ainda mais provável para o PSB e para Eduardo Campos é que acabem ficando no governo Dilma “acumulando forças”, como se dizia antigamente. Sua maior aposta pode ser em 2018.

Fonte: Tribuna de Hoje

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

CULTURA

BALZAQUIANA







HONORÉ DE BALZAC






ILUSTRAÇÃO DO LIVRO A MULHER DE TRINTA ONDE SE VÊ A PERSONAGEM PRINCIPAL DO ROMANCE JULIA D'AIGLEMONT SENTADA EM UMA CADEIRA


UMA DAS CAPAS DO LIVRO A MULHER DE TRINTA DE HONORÉ DE BALZAC LANÇADO NO BRASIL

O termo “balzaquiana”, muito usado para designar mulheres com mais de 30 anos é uma derivação do nome de Balzac. Honoré de Balzac, francês nascido em 20 de maio de 1799 em Tours na França e falecido em 18 de agosto de 1850 em Paris, é considerado até hoje um dos maiores escritores de todos os tempos autor de inúmeras grandes obras. Entre as obras mais famosas de Honoré de Balzac, está “A Mulher de Trinta”, dividida em seis partes e escrita entre os anos de 1829 e 1842, esta famosa obra de Balzac retrata a personagem “Julia D’Aiglemont”, que frívola e desmiolada, a despeito dos avisos de seu pai, se casa muito jovem com um oficial do exército de Napoleão,Victor D’Aiglemont e é extremamente infeliz no casamento desde o primeiro dia. Num trecho do livro,Julia em carta, revela a uma amiga que na noite de núpcias ficara horrorizada com a brutalidade de seu marido. Na verdade pelo que se percebe na história Victor D’Aiglemont não fazia muita distinção entre sua mulher Júlia D’Aiglemont e o seu cavalo. Com 26 anos e Júlia conhece o jovem Arthur e com ele mantém um romance, mas se sente infeliz com o adultério. A personagem do livro, só encontra a verdadeira e plena felicidade quando aos 30 anos, já mais experiente, conhece Carlos Vandenesse e com ele mantém um grande romance. (para quem lê esta obra é a partir desse ponto que se pode entender o que viria ser a balzaquiana dos dias de hoje).  Ignorando todo e qualquer preconceito e colocando o amor acima de tudo, Julia D’Aiglemont trai seu marido,Victor D’Aiglemont, abertamente, escandalizando a sociedade e os padrões morais vigentes naquele tempo. Polêmico para a época, o livro se tornou muito conhecido e na verdade podemos dizer que Honoré Balzac com esse livro muito colaborou para liberdade das mulheres e de preconceitos diversos contra muitas delas, que cansadas de serem vítimas de maus tratos em seus casamentos buscavam a felicidade nos braços de outros homens.

Pesquisa realizada por Benigno Antonio Hermida Pinheiro Freire, com o apoio e montagem de Yuri Barbosa dos Santos Hermida Pinheiro Freire
 Amigo diz que Dirceu 'tem certeza' de prisão e que 'está preparado'
  José Dirceu

Amigo de José Dirceu, o escritor Fernando Morais disse na quinta-feira que o ex-ministro da Casa Civil, condenado pelos crimes de formação de quadrilha e corrupção ativa no julgamento do mensalão, "tem certeza" de que vai ser preso. Em ato de apoio ao candidato do PT a prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, o escritor foi questionado sobre se o petista acha que irá para a cadeia. "Ele já está preparado. Ele tem certeza. Mas não está pessimista", disse. As informações são do jornal Folha de S.Paulo. Morais disse que Dirceu irá enfrentar a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) "de cabeça erguida". "Não sei se eu estaria desse jeito, mas ele é assim", afirmou. O Supremo ainda não definiu a pena de Dirceu. O escritor, autor da biografia do ex-ministro ainda em produção, disse que ele "está ótimo". "Está com a confiança e a segurança de quem se sente inocente", afirmou. Ele classificou o julgamento do caso às vésperas da eleição como "uma monumental armação, uma conspiração contra o PT e o Lula." Em 2007, o STF aceitou denúncia contra os 40 suspeitos de envolvimento no suposto esquema denunciado em 2005 pelo então deputado federal Roberto Jefferson(PTB) e que ficou conhecido como mensalão. Segundo ele, parlamentares da base aliada recebiam pagamentos periódicos para votar de acordo com os interesses do governo Luiz Inácio Lula da Silva. Após o escândalo, o deputado federal José Dirceu deixou o cargo de chefe da Casa Civil e retornou à Câmara. Acabou sendo cassado pelos colegas e perdeu o direito de concorrer a cargos públicos até 2015. No relatório da denúncia, a Procuradoria-Geral da República apontou como operadores do núcleo central do esquema José Dirceu, o ex-deputado e ex-presidente do PT José Gebuíno, o ex-tesoureiro do partido Delúbio Soares e o ex- secretário-geral Silvio Pereira. Todos foram denunciados por formação de quadrilha. Dirceu, Genoino e Delúbio respondem ainda por corrupção ativa. Em 2008, Sílvio Pereira assinou acordo com a Procuradoria-Geral da República para não ser mais processado no inquérito sobre o caso. Com isso, ele teria que fazer 750 horas de serviço comunitário em até três anos e deixou de ser um dos 40 réus. José Janene, ex-deputado do PP, morreu em 2010 e também deixou de figurar na denúncia. O relator apontou também que o núcleo publicitário-financeiro do suposto esquema era composto pelo empresário Marcos Valério  e seus sócios (Ramon Cardoso, Cristiano Paz e Rogério Tolentino), além das funcionárias da agência SMP&B Simone Vasconcelos e Geiza Dias. Eles respondem por pelo menos três crimes: formação de quadrilha, corrupção ativa e lavagem de dinheiro. A então presidente do Banco Rural, Kátia Rabello, e os diretores José Roberto Salgado, Vinícius Samarane e Ayanna Tenório foram denunciados por formação de quadrilha, gestão fraudulenta e lavagem de dinheiro. O publicitário Duda Mendonça e sua sócia, Zilmar Fernandes, respondem a ações penais por lavagem de dinheiro e evasão de divisas. O ex-ministro da Secretaria de Comunicação (Secom) Luiz Gushiken é processado por peculato. O ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato foi denunciado por peculato, corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O ex-presidente da CâmaraJoão Paulo Cunha (PT-SP) responde a processo por peculato, corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A denúncia inclui ainda parlamentares do PP, PR (ex-PL), PTB e PMDB. Entre eles o próprio delator, Roberto Jefferson. Em julho de 2011, a Procuradoria-Geral da República, nas alegações finais do processo, pediu que o STF condenasse 36 dos38 réus restantes. Ficaram de fora o ex-ministro da Comunicação Social Luiz Gushiken e o irmão do ex-tesoureiro do Partido Liberal (PL) Jacinto Lamas, Antônio Lamas, ambos por falta de provas. A ação penal começou a ser julgada em 2 de agosto de 2012. A primeira decisão tomada pelos ministros foi anular o processo contra o ex-empresário argentino Carlos Alberto Quaglia, acusado de utilizar a corretora Natimar para lavar dinheiro do mensalão. Durante três anos, o Supremo notificou osAdvogados errados de Quaglia e, por isso, o defensor público que representou o réu pediu a nulidade por cerceamento de defesa. Agora, ele vai responder na Justiça Federal de Santa Catarina, Estado onde mora. Assim, restaram 37 réus no processo.

Fonte: Portal Terra

Juros para pessoas físicas voltam a subir, após seis meses de queda



As famílias pagaram taxas de juros um pouco mais altas em setembro, em relação a agosto, segundo dados do Banco Central (BC) divulgados nesta sexta (26). Houve alta de 0,2 ponto percentual, para 35,8% ao ano. No caso das empresas, houve redução de 0,5 ponto percentual, para 22,6% ao ano, o menor nível da série histórica do BC, iniciada em 2000. A taxa geral, para empresas e famílias, ficou em 29,9% ao ano, redução de 0,2 ponto percentual em relação a agosto. A taxa também é a menor da série histórica do BC.
O spread, diferença entre a taxa de captação dos recursos pelos bancos e a cobrada dos clientes, subiu 0,2 ponto percentual para as famílias, e ficou em 27,9 pontos percentuais. No caso das pessoas jurídicas, houve recuo de 0,4 ponto percentual para 15,3 pontos percentuais. A alta da taxa de juros cobrada de pessoas físicas, em setembro, é explicada pela greve dos bancários, segundo o chefe do Departamento Econômico do Banco Central (BC), Tulio Maciel. Para Maciel, a alta de setembro foi pontual porque, com a greve dos bancários, os clientes tomaram linhas de crédito “mais acessíveis”, como o cheque especial e cartão de crédito, que têm juros mais elevados. A taxa média de juros do cheque especial chegou a 147,6% ao ano, em setembro, com redução de 0,1 ponto percentual em relação a agosto, mas ainda bastante alta na comparação com a de crédito pessoal (39,7% ao ano). A taxa de crédito pessoal teve alta de 0,3 ponto percentual em relação a agosto. De acordo com os dados do BC, a média diária de concessões de cheque especial para as famílias, em setembro na comparação com agosto, subiu 9%. No caso do cheque especial, houve aumento de 11,6%. O crédito pessoal apresentou redução de 4,3%. A greve dos bancários começou no dia 18 de setembro. Os funcionários do Banco do Brasil e instituições privadas voltaram ao trabalho no dia 27. No caso da Caixa, os bancários retomaram as atividades no dia 28. Apesar da alta dos juros para as famílias, Maciel destacou que a taxa média (para empresas e pessoas físicas) chegou ao menor nível da série histórica do BC, iniciada em 2000. A taxa geral ficou em em 29,9% ao ano, redução de 0,2 ponto percentual em relação agosto. Segundo Maciel, a redução da taxa média de juros decorre do efeito dos cortes da taxa básica de juros, a Selic, que serve de referência para as demais. Outro fator citado por Maciel é a redução do spread (diferença entre a taxa de captação de recursos pelos bancos e a cobrada dos clientes), origem de boa parte do lucro dos bancos. O spread para as famílias subiu 0,2 ponto percentual e ficou em 27,9 pontos percentuais. No caso das pessoas jurídicas, houve recuo de 0,4 ponto percentual para 15,3 pontos percentuais. Os dados preliminares deste mês, até o dia 17 (12 dias úteis), indicam que a taxa de juros paras as famílias subiu 0,2 ponto percentual em relação ao fechamento de setembro. A alta do spread chega a 0,4 ponto percentual. Para as empresas, houve recuo na taxa de juros de 0,1 ponto percentual, com o spread estável. Maciel enfatizou que os dados que indicam alta para as famílias podem não corresponder ao resultado do fechamento do mês, uma vez que oscilam muito ao longo do período.

Fonte: iG