quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

 
Arno Augustin

 Governo poderá usar PAC para cumprir meta de superávit, diz Augustin

O secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, afirmou há pouco que o resultado fiscal do Governo Central em dezembro será muito positivo e, "possivelmente, de dois dígitos". Segundo ele, o governo continua mirando o cumprimento da meta cheia de superávit primário para o ano, mas, dessa vez, o secretário enfatizou que o foco está voltado para a meta do Governo Central (de 2,15% do PIB) e não na meta do setor público (3,1% do PIB). Augustin explicou que, se Estados e municípios não cumprirem a sua meta, o governo deverá usar um mecanismo que permite abater investimentos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) para que a meta do setor público seja alcançada. Ele reconheceu que Estados e municípios tendem a fazer um resultado abaixo da meta, o que, pela regra, tem que ser coberto pelo Tesouro, seja com superávit maior seja com abatimento do PAC. Augustin disse que o superávit de Estados e municípios neste ano deve ser semelhante ao de 2009. Apesar de enfatizar que o Tesouro está trabalhando para cumprir a meta do Governo Central, o secretário esquivou-se de garantir que isso ocorrerá. Segundo ele, se fizesse isso, estaria praticamente antecipando o resultado de dezembro, antes de o mês se encerrar e antes da programação normal de divulgação. Vale lembrar que durante todo o ano até o mês passado, o secretário do Tesouro e o próprio ministro da Fazenda, Guido Mantega, diziam categoricamente que o governo cumpriria, sem abatimentos, a meta fiscal do setor público, de 3,1% do PIB. O secretário disse que o forte resultado de dezembro será determinado por um crescimento forte das receitas que, segundo ele, ocorrerá sem o uso de manobras contábeis - expediente que, aliás, ele negou ter utilizado no passado. Segundo Augustin, o crescimento da arrecadação ocorre com receitas tributárias normais e por meio da fiscalização da Receita. "Em nenhum momento fizemos manobras contábeis, o resultado de dezembro ocorre com fatos normais de cobrança de tributos e receitas de dividendos", disse. O secretário do Tesouro, Arno Augustin, informou que a tendência é do superávit primário das conta dos do Estados e Municípios em 2010 ficarem abaixo da meta., como ocorreu no ano passado. "O resultado dos Estados e Municípios será parecido com o ano passado", disse Augustin. Ele negou que o desempenho abaixo do esperado dos Estados e Muncípios está relacionado com as eleições deste ano. Segundo ele, é normal que os Estados e municípios tenham ainda sofrido os efeitos da crise financeira de 2010. Para Augustin, 2010 é um ano que ainda sofre com os efeitos da crise, principalmente no desempenho de alguns tributos. Ele destacou que as transferências do FPE (Fundo de Participação dos Estados), embora maiores que em 2009, estão menores do que o esperado. "As coisas estão dentro do previsto e estamos trabalhando para terminar bem o ano", disse. Augustin avaliou que o momento super favorável da economia brasileira em 2008 "ainda não chegou", mas vai chegar. Augustin disse que 2011 é um ano de contenção fiscal. Segundo ele, há entendimento sobre isso por parte da sociedade e dos Poderes. Para o secretário, não há espaço fiscal para aumento dos salários do Judiciário. Ele ressaltou que 2011 é um ano de "tranquilidade e comedimento" na área de pessoal. Ele disse que, faltando pouco para o fim do ano, é possível afirmar com clareza que as despesas de pessoal em 2010 serão menores que o crescimento nominal do PIB. Até novembro, as despesas de pessoal apresentam uma queda de 4,8% com relação ao crescimento nominal do PIB. Para Augustin, esse indicador econômico é importante porque é o contrário das críticas recebidas pelo governo quando promoveu "uma escalada" nos reajustes das carreiras dos servidores públicos de que o crescimento dos gastos com pessoal seria explosivo. Ele destacou que esse crescimento é sustentável e disse: "Não houve explosão de pessoal como muitos temiam".


Fonte: Estadão - Fabio Graner e Adriana Fernandes, da Agência Estado
 
José Alencar

 Alencar vai passar a madrugada desta quinta na UTI

Os cirurgiões Raul Cutait e Francisco Carnevale, que fazem parte da equipe médica responsável pela saúde do vice-presidente José Alencar, decidiram em conjunto mantê-lo por mais esta noite na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Alencar se recupera de um pequeno procedimento cirúrgico para identificar e estancar um sangramento no intestino realizado nesta terça-feira (28). Carnevale disse que há boa possibilidade de o vice-presidente deixar a UTI nesta quinta-feira (30) e ser encaminhado para o quarto. O médico deve ligar para a equipe que monitora Alencar às 4h da manhã para saber o estado de saúde dele e decidir se viaja de férias ou não. Carnivale informou que caso ele saia da UTi nesta quinta-feira (30) deverá ser pela manhã. No entanto, Cutait deu indicações de que ainda é cedo para decidir se alencar sai da UTI amanhã e só confirmou que ele passa esta noite na UTI. - Hoje ele fica na UTI. Amanhã nós vamos ver, amanhã é outro dia. Mais cedo, o oncologista Paulo Hoff havia levantado a possibilitade de o presidente sair ainda hoje da UTI, mas isso acabou sendo descantado ao longo do dia. O vice está internado na UTI desde a última quarta-feira (22), quando passou por uma cirurgia de emergência para corrigir uma hemorragia digestiva grave - a 17ª a que Alencar foi submetido na luta que trava há mais de 13 anos contra um câncer.

Fonte: R7 Notícias - Luísa Ferreira
 
Lula

 Lula bate recorde de popularidade, indica pesquisa CNT/Census

Uma pesquisa do CNT/Sensus divulgada nesta quarta-feira que aponta que, nos seus últimos dias de governo, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva bateu recorde de popularidade: 87%. A aprovação do governo – 83,4% - também foi a mais alta já registrada pelo instituto, que ouviu 2 mil entrevistados em 136 cidades, entre 23 e 27 de dezembro. Na pesquisa anterior, realizada em setembro, Lula tinha 80,7% de popularidade e seu governo, 79,4%. Antes disso, sua melhor avaliação havia sido registrada pelo Sensus em janeiro de 2009: 84%. Na pesquisa divulgada nesta quarta-feira também foi avaliada a expectativa da população em relação ao governo da presidente eleita, Dilma Rousseff. Na opinião de 27,7% dos entrevistados, seu governo será “ótimo”. Já 41,5% acreditam que ela fará uma boa gestão e 17,6%, um governo “regular”. Para 6,4% dos ouvidos, ela será responsável por um governo “ruim” ou “péssimo” – 7% não responderam.

Fonte: BBC Brasil

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010


Dublê ameaça Ewan McGregor de morte durante gravações

O ator Ewan McGregor foi ameaçado de morte por um dublê durante as gravações do filme The Impossible, na Tailândia, segundo o jornal britânico London Evening Standard. O dublê, que estava recebendo 60 libras (R$ 156) por dia, foi encontrado no trailer de McGregor escrevendo ameaças para ele em forma de versos, como "torcendo a faca enquanto olho nos seus olhos". Um membro da produção disse que o ator ficou preocupado com as ameaças. "Os produtores perceberam que havia um sério risco", disse, "não houve uma briga. Só disseram que o chamariam quando precisassem dele (dublê) de novo e não ligaram mais". A polícia não chegou a ser acionada. The Impossible terá também Naomi Watts no elenco e retratará a vida de um casal que está com os filhos em uma ilha quando ocorre um tsunami.

Fonte: Terra Brasil

Ronaldinho chega a Dubai, mas Robinho perde o voo em São Paulo

Ronaldinho Gaúcho voltou ao Milan nesta segunda-feira e desembarcou ao lado de Alexandre Pato e Thiago Silva em Dubai, onde a equipe ficará treinando até 3 de janeiro. Os três partiram de São Paulo para os Emirados Árabes e teriam a companhia de Robinho, mas o ex-santista perdeu o voo e ainda não se apresentou ao técnico Massimiliano Allegri segundo o jornal italiano "Corriere dello Sport". O futuro de Ronaldinho pode ser decidido ainda nesta segunda, mas no Rio de Janeiro: Assis, seu irmão e empresário, tem uma reunião marcada com o vice-presidente do Milan, Adriano Galliani, que está na Cidade Maravilhosa curtindo as férias. Allegri começa os treinamentos em Dubai na terça. No dia 2, o Milan faz um amistoso contra o Al Ahli e na manhã seguinte embarca de volta para a Itália. O período nos Emirados Árabes marca a chegada do atacante Cassano, que deixou o Sampdoria e acertou com o time rubro-negro. A equipe de Allegri volta a campo no Campeonato Italiano contra o Cagliari, em 6 de janeiro, fora de casa, pela 18ª rodada. Na Liga dos Campeões, o Milan enfrenta o Tottenham em 15 de fevereiro, no San Siro, na partida de ida das oitavas de final.

Fonte:Globoesporte.com
 
 
'Se todos os governantes fizessem o óbvio, ninguém errava', diz Lula
 
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta segunda-feira (27) que somente fez o óbvio em seu governo. "O óbvio é mais simples, é o que precisa ser feito, é o que precisa ser dito", disse Lula durante cerimônia de inauguração da nova sede do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), em Brasília. Segundo o presidente, "se todos os governantes fizessem o óbvio, ninguém errava". Ao citar realizações de seu governo na área de ciência e tecnologia, Lula disse: "Isso poderia ser feito por outras pessoas que estudaram mais do que eu, leram mais do que eu. Por que não fizeram? Porque não fizeram o óbvio, queriam inventar." Lula citou como exemplo o biocombustível, que segundo ele,  foi patenteado em 1975 e somente a partir de 2003 recebeu investimentos e tornou-se uma política de governo. O presidente disse ser algo inédito a comunidade científica elogiar o governo. Segundo ele, o diálogo entre governo e comunidade científica não ocorria nos governos anteriores. "Eu não sou cientista, muito menos pesquisador, mas eu tinha consciência de que o Brasil para ir para a frente precisa investir em ciência e tecnologia, precisa investir em educação". Durante o discurso, Lula elogiou a presidente eleita, Dilma Rousseff. "Da mesma forma que eu trabalhava todo santo dia para provar que um operário poderia dirigir esse país, ela [Dilma] vai ter a mesma incumbência de provar que uma mulher não é cidadã de segunda classe e pode governar com muita competência esse país. É isso que me dá certeza do sucesso dela", afirmou. O presidente disse que seu governo é causa de orgulho e fez uma comparação com a construção da Muralha da China. "Nós temos mais motivos de orgulho do que fizemos nestes oito anos do que os chineses têm quando começaram a construir aquela muralha que quando eles olhavam faltava muito mais para construir".

Fonte: G1, em Brasília
‘A cidade não passa a ser perfeita’, diz Paes sobre Centro de Operações
 
Durante a apresentação do novo Centro de Operações, na Cidade Nova, no Centro, o prefeito Eduardo Paes afirmou que apesar da possibilidade de monitoramento de diversos incidentes, “o Rio não será uma cidade perfeita”, a partir de sua inauguração. Segundo o prefeito, o Centro começa a operar no dia 31 de dezembro, mas existe um tempo de aprendizado para que tudo funcione de maneira adequada. “O Centro de Operações vai nos permitir que tenham pessoas olhando 24 horas pela cidade a partir do dia 31. Mas existe um tempo de aprendizado, e esse lugar não vai evitar que tragédias aconteçam. Vai ajudar na hora da tomada de decisões”, explicou o prefeito. O Centro de Operações vai integrar cerca de 30 órgãos municipais e concessionárias e irá monitorar o funcionamento de toda a cidade. O objetivo é alertar os setores responsáveis sobre riscos e medidas urgentes que devem ser tomadas em casos de emergência. De acordo com o secretário de Conservação, Carlos Roberto Osório, o investimento na construção do Centro foi de mais de R$ 10 milhões, fora as doações.Segundo Paes, além do monitoramento de incidentes através de câmeras da CET- Rio, da Ponte, do Metrô e da Rio Ônibus, o centro irá receber um moderno radar meteorológico capaz de informar com precisão chuvas e tempestades. “Esse radar vai estar disponível no fim do primeiro semestre e vai ajudar a tomarmos iniciativas antes que uma tragédia aconteça”, acrescentou. O edifício de três andares na Cidade Nova, perto da sede administrativa, estará conectado a mais de cem câmeras espalhadas pelo Rio. No primeiro andar, vai funcionar a sala de controle. Serão 70 operadores que vão ficar 24h por dia vigiando a cidade direto de telões. Haverá 80 monitores que vão trazer imagens do Rio. Informações de trinta secretarias municipais, concessionárias e empresas de serviço vão chegar em tempo real ao chamado Centro de Operações. Os dados serão concentrados num só lugar para facilitar a tomada de decisão em situações de crise. A decisão de construir o prédio foi tomada depois das fortes chuvas de abril que alagaram o Rio. Ao todo, 400 pessoas vão se revezar em turnos no Centro de Operações. A parte administrativa funcionará no segundo andar, além da CET-Rio. No terceiro piso, haverá um auditório e a sala crise, onde serão decididas situações de emergência.

Fonte: G1.com.br - Thamine Leta

França encaminha credenciamento de embaixador de Ouattara

A França encaminhou o credenciamento de um embaixador da Costa do Marfim designado por Alassane Ouattara, o presidente reconhecido pela comunidade internacional como vencedor do pleito de 28 de novembro, que derrotou Laurent Gbagbo. "O procedimento de credenciamento está em andamento", confirmou, nesta segunda-feira, o porta-voz do Ministério de Exteriores da França, Bernard Valero, ao ser questionado pela destituição por Ouattara do até agora embaixador da Costa do Marfim na França, Pierre Kipré. Nesta tarde, cerca de 30 seguidores de Ouattara ocuparam a embaixada de Paris, à espera da chegada do novo representante diplomático, informou a emissora France Info, que divulgou que, apesar do incidente, não ocorreram enfrentamentos. A rádio afirmou que os funcionários e os seguidores foram obrigados, sem violência, a deixar o prédio, que fica perto do Arco de Triunfo da capital francesa. 20 de policiais bloquearam a entrada para evitar que se produzissem incidentes. Os ocupantes da legação diplomática justificaram sua ação assinalando que o até agora embaixador não era legítimo. Por outro lado, o porta-voz ministerial francês rejeitou as acusações de Gbagbo, que diz ter vencido as eleições presidenciais de novembro frente a Ouattara, afirmando ue a França e os Estados Unidos lideram "um complô" para separá-lo do poder. França, a antiga potência colonial da Costa do Marfim, tem no país africano 900 militares em apoio dos 8 mil "capacetes azuis" da missão das Nações Unidas.

Fonte: Terra Brasil
Teena Marie
 
Cantora Teena Marie morre aos 54 anos

A cantora de R&B Teena Marie morreu no último domingo, aos 54 anos. Ela era mais conhecida por seu hit "Lovergirl", lançado em 1984.  O empresário de Marie, Mike Gardner, confirmou que a cantora foi encontrada morta em casa por sua filha. Ela havia sofrido tonturas no mês passado, mas a causa da morte não foi confirmada.  Marie era protegida do cantor Rick James (de "Super Freak") e ficou muito famosa entre os anos 1970 e 1980. Ela lançou 13 álbuns de estúdio, sendo que seis destes foram certificados com discos de platina. Ela também foi indicada a quatro Grammys. Seu último álbum, "Congo Square", foi lançado em 2009.

Fonte: Portal ClickPB
José Alencar
 
 
Médico: se posse fosse hoje, Alencar não iria de jeito nenhum


O vice-presidente da República, José Alencar, não teria condições de ir à cerimônia de posse da presidente eleita, Dilma Rousseff, caso o evento fosse hoje, informou nesta segunda-feira a equipe médica que atende Alencar no Hospital Sírio Libanês, na região central de São Paulo. "Se fosse hoje, (Alencar) não iria de jeito nenhum", disse o cardiologista Roberto Kalil Filho. Segundo Kalil Filho, o estado de saúde de José Alencar não apresentou alterações e é estável dentro da gravidade do quadro. "Ele está bem, tranquilo, conversando", afirmou. O médico disse ainda que o vice-presidente manifestou desejo de deixar a Unidade Terapia Intensiva (UTI), onde está internado desde a última quarta-feira. "Ele está querendo ir para o quarto", falou o médico, sem confirmar a possibilidade. Neste último domingo, o vice-presidente recebeu a visita do ministro da Fazenda, Guido Mantega, que disse ter encontrado Alencar "bem". O ministro declarou acreditar na presença do vice na posse de Dilma, como é seu desejo. "Pela lucidez e pela articulação das palavras, acredito que ele vai conseguir", disse. José Alencar foi internado na última quarta-feira em caráter de urgência com quadro de hemorragia digestiva grave, mas tem apresentado melhoras. O Hospital Sírio Libanês divulgou, às 13h55 desta segunda-feira, um novo boletim sobre o estado de saúde de Alencar. Segundo o hospital, Alencar permanece internado na UTI Cardiológica, "realiza hemodiálise e apresenta estabilidade do seu quadro clínico". Alencar luta contra o câncer desde 1997, quando, após um check-up, foi encontrado um tumor no rim direito e outro no estômago, retirados naquele mesmo ano. Em 2000, uma nova cirurgia retirou um tumor na próstata. Depois da remoção de outros nódulos no abdômen, Alencar foi diagnosticado com câncer no intestino. Ao todo, ele foi submetido a 17 cirurgias nos últimos 13 anos. Em janeiro de 2009, ele enfrentou cerca de 17 horas de operação para a retirada de nove tumores na região abdominal. Na mesma cirurgia, os médicos retiraram parte do intestino delgado, outra do intestino grosso e uma porção do ureter, canal que liga o rim à bexiga. Alencar chegou a ficar internado 22 dias após a operação. A última cirurgia ocorreu na última quarta-feira, quando Alencar foi internado no Sírio-Libanês em caráter de urgência, com quadro de hemorragia digestiva grave.

Fonte: Terra Brasil - Simone Sartori - Direto de São Paulo


Conca passa por cirurgia rápida no joelho esquerdo

A torcida tricolor pode ficar tranquila: Conca está bem. Na manhã desta segunda-feira, o meia do Fluminense passou por uma artroscopia no no joelho esquerdo, em um hospital na Quinta da Boa Vista, em São Cristóvão, na Zona Norte do Rio de Janeiro, sem qualquer tipo de problemas. Operado pelo coordenador do departamento médico do clube, Douglas Santos, e Victor Favilla, o jogador ficará uma semana de repouso para, em seguida, iniciar o trabalho de fisioterapia, que vai durar de três a quatro semanas. Ele receberá alta do hospital nesta segunda-feira à noite ou na terça-feira de manhã. - Foi uma cirurgia tranquila, rápida, que durou em torno de 50 minutos, uma hora. Ele tinha lesão no menisco do joelho esquerdo, e tiramos um pedacinho lesionado. Foi feita também uma limpeza no local, e acho que a chance de ele retornar rapidamente é grande - disse o médico Douglas Santos. Douglas Santos explicou que Conca não terá tratamento diferenciado dos demais atletas neste período de recuperação - deve voltar a jogar somente em fevereiro, próximo à estreia na Libertadores. Ele aproveitou ainda para tranquilizar os torcedores, avisando que, apesar de ter sido uma lesão no joelho, local que traz preocupação a qualquer atleta, os riscos de se machucar novamente são pequenos. Ele tinha lesão no menisco do joelho esquerdo, e tiramos um pedacinho lesionado. Foi feita também uma limpeza no local, e acho que a chance de ele retornar rapidamente é grande" Douglas Santos - Atualmente, ele não tem risco nenhum. Se vier a ocorrer alguma coisa, talvez tenha que fazer uma nova cirurgia de correção. Mas por enquanto isso não vai atrapalhar em nada a carreira dele, e a mecânica de trabalho será igual a dos outros jogadores. Lógico que nem todo jogador é igual. Mas o Conca da maneira que reage (a lesões), acredito que não deva ocorrer nada de errado. A preocupação se deve ao fato de que, no passado, com este tipo de lesão, o menisco era retirado. Com isso, levava a problemas como a artrose, por exemplo. Hoje em dia, apenas o local lesionado passa por procedimento cirúrgico, tornando os riscos menores, explicou o médico. A cirurgia, aliás, já estava programada desde a disputa do Campeonato Brasileiro. No entanto, mesmo com dor, o argentino participou de todas as 38 rodadas na campanha do título nacional do Fluminense. O vice de futebol do clube, Alcides Antunes, foi ao hospital visitar o jogador.

Fonte: Globoesporte.com -Por Diego Rodrigues Rio de Janeiro
Mikhail Khodorkovski
 
Tribunal de Moscou considera Khodorkovski culpado

O ex-magnata do petróleo russo Mikhail Khodorkovski foi considerado culpado nesta segunda-feira por um tribunal moscovita, em seu segundo julgamento pela acusação de roubar milhões de toneladas de petróleo, informaram agências de notícias russas. O julgamento está sendo apontado como um momento crucial para a Rússia pós-União Soviética, e a sentença provocou a ira de grupos de defesa dos direitos humanos. O juiz Viktor Danilkin concluiu que Khodorkovski e seu sócio, Platon Lebedev, são culpados de roubar 218 milhões de toneladas de petróleo da gigante Yukos entre 1998 e 2003, além de lavar os 23,5 bilhões de dólares recebidos pela venda deste petróleo. O advogado de Khodorkovski já anunciou que vai apelar da condenação. O veredicto frustrou os liberais russos, esperançosos de que o julgamento inaugurasse uma nova abordagem da justiça do país. "Este veredicto é injusto, declarado por uma corte que não é livre", afirmou Vadim Klyuvgant, principal advogado de Khodorkovski. "É uma vergonha para o país. Nós apelaremos da sentença". "A corte decidiu que M. Khodorkovski e P. Lebedev cometeram roubo de petróleo, atuando em conluio com um grupo de pessoas que se beneficiaram de suas posições profissionais", afirmou o magistrado no tribunal. Os dois réus reagiram com impassibilidade ao julgamento. De tempos em tempos, Khodorkovski folheava alguns papéis, enquanto Lebedev parecia ler um livro. O tribunal estava lotado. Poucos repórteres tiveram acesso ao tribunal de Jamovniki, mas o juiz Danilkin pediu a todos que deixassem o local antes da leitura do restante do veredicto. "Liberdade para os presos políticos! Rússia sem Putin! Abaixo a polícia de Estado", gritavam simpatizantes de Khodorkovski na entrada do fórum. Os policiais que faziam a segurança do local detiveram 20 pessoas. A leitura do veredicto de Khodorkovski e Lebedev, contra os quais a promotoria pediu 14 anos de prisão, deve durar vários dias. Na Rússia, muitos consideram o caso Yukos um teatro montado pelo Kremlin para atingir um empresário muito independente, que financiava a oposição e não hesitava em contradizer o presidente na época, Vladimir Putin, atual primeiro-ministro. Ex-proprietários da Yukos, grupo emblemático da indústria petroleira desmantelado em benefício de empresas ligadas ao Kremlin, Khodorkovski e Lebedev são julgados desde março de 2009 pelo roubo de 218 milhões de toneladas de petróleo. Os dois, presos desde 2003, cumprem uma condenação de oito anos por fraude e evasão de impostos. Khodorkovski, de 47 anos, já foi o homem mais rico do país. Com a nova condenação, pode ficar atrás das grades até 2017. "Eu já esperava por este resultado. Mas estou chateada da mesma maneira", disse Lyudmila Alexeyeva, uma das mais principais defensoras dos direitos humanos da Rússia, citada pela agência Interfax. "O juiz precisaria ser um herói para anunciar um veredicto justo", completou.

Fonte: AFP

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

  Dilma Rousseff
 
Governo Dilma tem mais 7 ministros confirmados
 
Mais sete ministros foram confirmados para a equipe da presidente eleita Dilma Rousseff. Trinta ministros já foram confirmados até agora para o novo governo. Oito são mulheres. O atual ministro de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, vai assumir o Ministério da Saúde. Ele é médico sanitarista. Orlando Silva, do PC do B, continua no Ministério do Esporte. A atriz e cantora Ana de Hollanda, irmã do compositor Chico Buarque, será ministra da Cultura. A socióloga Luiza Bairros foi confirmada na Secretaria Especial de Promoção da Igualdade Racial. A economista Tereza Campello, do PT, assume o ministério do Desenvolvimento Social. O deputdo federal Mário Segromonte, do PP, será ministro das Cidades. O advogado-geral da União, Luís Adams, permanece no cargo. O deputado Mário Negromonte vai para o Ministério das Cidades e no lugar dele, na Câmara, assume o suplente: o ex-lutador de boxe Acelino Popó Freitas. Ainda faltam ser definidos de oito a dez ministros, dependendo do número de pastas que o governo Dilma Rousseff terá. A expectativa é que todos sejam anunciados até quarta-feira (22).

Fonte: pe360graus.com
Jobson

Jobson realiza exames médicos em Belo Horizonte e vai à sede do Galo
O Atlético-MG está próximo de anunciar seu sexto reforço para 2011. Trata-se de Jobson, que pode trocar o Botafogo pelo clube mineiro. O atacante de 22 anos fez os exames médicos em uma clínica de Belo Horizonte, logo após a saída do volante Richarlyson. Em seguida, foi até a sede do clube, em Lourdes, onde se reuniu com dirigentes. Segundo o presidente do Atlético-MG, Alexandre Kalil, está tudo certo entre o clube e o jogador. - Ainda falta um documento do Botafogo para concluir o negócio. Mas entre o clube e o jogador já está tudo acertado. No Rio de Janeiro, o presidente do Botafogo, Maurício Assumpção, disse nesta terça-feira que não recebeu qualquer proposta para liberar Jobson, que tem contrato até 2015 e uma multa rescisória de R$ 10 milhões. - Proposta na mesa do Botafogo, nada. O Antenor (empresário do jogador) disse que poderia haver uma oferta de fora pelo jogador. Estamos aguardando. De forma oficial, posso dizer que ainda é jogador do Botafogo. Hoje, a possibilidade de não deixar o Botafogo é a real. Ele tem contrato até 2015. Mas, para jogar, algumas coisas vão ter que mudar, principalmente a postura como profissional - afirmou o mandatário alvinegro, em entrevista à Rádio Brasil. Jobson se destacou no Campeonato Brasileiro de 2009, quando ajudou a livrar o Botafogo do rebaixamento. Mas foi pego no exame antidoping, por usa de crack, e suspenso por dois anos. À época, estava praticamente contrato pelo Cruzeiro, que desistiu da negociação. Com a redução da pena para seis meses, voltou a jogar pelo Alvinegro de General Severiano, mas se envolveu em diversas polêmicas, todas no aspecto disciplinar, nos últimos meses do ano. Reincindente em caso de atraso na reapresentação do elenco, chegou a ser afastado e não disputou as duas últimas rodadas do Brasileirão. O Botafogo vem, desde então, tentando negociar o jogador.

Fonte: Globoesporte.com

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

André Lima
 
Gaúchão: Grêmio renova contrato com André Lima para 2011

No Campeonato Gaúcho de 2011, o Grêmio estreia no dia 16 de janeiro, no Estádio Olímpico, contra o Lajeadense. Em meio às negociações para ter o craque Ronaldinho Gaúcho em seu elenco na próxima temporada, o Grêmio acertou nesta segunda-feira a renovação de contrato com o atacante André Lima. Contratado pelo Grêmio no meio desta temporada para ser reserva do até então titular, Borges, André Lima soube aproveitar as chances na equipe titular e ganhou a confiança do técnico Renato Gaúcho para a sequencia no time na Série A do Campeonato Brasileiro. Além do acordo nesta segunda-feira com o atacante, ainda nesta semana o Tricolor gaúcho espera definir as situações dos jogadores Lúcio, Fábio Rochemback, Jonas, Gabriel, que também estão em negociação para a renovação de seus contratos. No Campeonato Gaúcho de 2011, o Grêmio estreia no dia 16 de janeiro, no Estádio Olímpico, contra o Lajeadense

Fonte: Portal Agência Futebol do Interior.

Fábio Lenza
 
Cartão Aluguel da Caixa terá taxa de 6,67% ao mês e anuidade de R$ 96

O mercado de locação residencial segue aquecido. Na capital paulista, os contratos novos assinados em novembro tiveram aumento médio de 1,6% em relação aos valores negociados em outubro. No acumulado dos últimos 12 meses, o acréscimo atinge 12,9%, segundo os dados do Secovi (Sindicato da Habitação) de São Paulo divulgados nesta segunda-feira. O vice-presidente de pessoa física da Caixa, Fábio Lenza, não quis detalhar quais seriam os critérios de análise de crédito, adiantando apenas que a renda mínima exigida no projeto piloto --em quatro imobiliárias de São Paulo e de Goiás a partir desta semana-- é de R$ 1.000. O produto deve chegar a todo o Brasil em fevereiro e pode haver ajustes nas regras de acordo com a região.  A fatura do cartão passa então a ter o valor do aluguel. Se ficar inadimplente, o cliente terá que pagar ainda juros, que não foram informados pelo banco. Na média, a linha de cartão de crédito tem uma taxa de 10,7% ao mês, segundo a última pesquisa da Anefac referente a novembro.  Se for, a taxa de manutenção será cobrada, em um contrato que pode variar de dois a 12 meses já acordado com a imobiliária. Isso quer dizer que, mesmo que o locatário só precise cobrir as despesas com aluguel por um mês, ainda assim terá que arcar com os encargos pelo intervalo estipulado anteriormente.  O produto será oferecido nas bandeiras Mastercard e Visa e o cliente terá dois limites, sendo um exclusivamente para o aluguel e outro para o pagamento de compras em estabelecimentos comerciais. Ou seja, o cartão elimina a necessidade de fiador, depósito caução ou seguro-fiança mesmo que a parte referente à locação não seja ativada.  O Cartão Aluguel da Caixa Econômica Federal, lançado nesta segunda-feira como opção de garantia na locação residencial, terá uma taxa de anuidade de R$ 96 e outra de manutenção de 6,67% ao mês. Ao final de um ano, esse encargo vai ser equivalente a 80% do valor de um aluguel mensal. Para o executivo, o fato de haver dois limites para o cartão não vai incentivar a inadimplência, citando como exemplo o teto para o cheque especial e para o crédito pessoal para o mesmo cliente. Isso já é praxe do sistema bancário, afirmou. O presidente do Creci-SP (Conselho Regional de Corretores de Imóveis) do Estado de São Paulo, José Augusto Viana Neto, destaca a importância do novo produto para estimular a concorrência. O seguro-fiança, por exemplo, cobra em torno do equivalente a um aluguel mensal no período de um ano. Na sua opinião, as seguradoras já devem estar pensando como reduzir esse valor e os bancos privados podem lançar produtos semelhantes para concorrer com a Caixa. Pesquisa do Creci-SP mostra que cerca de 60% dos aluguéis são de até R$ 800 no Estado. Para João Crestana, presidente do Secovi (Sindicato da Habitação) de São Paulo, o Cartão Aluguel deve incentivar os investimentos em imóveis para alugar e ser vantajoso também para quem até então dependia de fiador. O inquilino não vai mais precisar pedir favor a ninguém. Para ele, será possível até negociar um valor menor de aluguel, já que o locatário terá o melhor fiador: um banco. A Caixa prevê atingir 300 imobiliárias cadastradas até fevereiro, quando o produto será lançado nacionalmente. Mais de 4.000 já têm parceria com o banco federal para o financiamento na compra de um imóvel e serão convidadas a participar. A expectativa é ter 100 mil cartões um ano após o início das operações em âmbito nacional. Para cinco anos, a meta é ainda mais ousada: chegar a 1 milhão. A base de cartões convencionais da Caixa tem atualmente 7,7 milhões de unidades em circulação. O risco [de calote] é diluído dentro da carteira, diminuindo o preço do valor final para o cliente, afirma Lenza. O seguro-fiança vem ganhando espaço no mercado de locação, mas ainda esbarra no valor alto. A despesa extra em um ano pode ultrapassar o valor do aluguel de um mês, dependendo da cobertura contratada, que pode englobar também danos ao imóvel e pintura. Há inquilinos que não conseguem encontrar um fiador e locadores que não consideram o depósito caução vantajoso porque cobre apenas três meses de atraso no pagamento do aluguel. 

Fonte: Portal Fax Aju



 
Tevez

 Tevez se reúne com City e decide retirar seu pedido de transferência

Após trocarem farpas, parece que Manchester City e Tevez, enfim, se entenderam. Durante uma reunião realizada nesta segunda-feira, o jogador expressou seu compromisso com a equipe inglesa e ainda retirou formalmente seu pedido de transferência, informou o clube através de seu site oficial. O acordo entre as duas partes saiu de forma que o contrato do argentino permanecesse inalterado. - Carlos é um jogador de nível mundial, cuja contribuição desde que ele se juntou ao clube tem um valor inestimável. Estou satisfeito que possamos nos concentrar apenas no futebol dentro das quatro linhas e ver que o Carlos continuará desempenhando um papel importante no progresso do clube - disse o técnico do clube Roberto Mancini. O treinador, inclusive, havia se reunido com o argentino na última sexta para convencê-lo a mudar de ideia. O papo durou 10 minutos, e o atacante teria deixado claro que ainda planejava deixar o clube na ocasião. Então, o presidente do City, Khaldoon Al Mubarak, entrou em cena e marcou a reunião desta segunda para conversar com o astro da equipe. O jogador se estranhou com o clube no decorrer das últimas semanas e chegou a fazer um pedido oficial de transferência ao clube. Com isso, várias especulações apareceram e saídas para clubes como Manchester United, Real Madrid, Chelsea e Milan chegaram a ser cogitadas pela imprensa internacional.


Fonte: Globoesporte.com
 
Kim Jong-il
 
Seul faz manobras militares na fronteira norte-coreana apesar de alertas

A Coreia do Sul realizou nesta segunda-feira novas manobras militares no Mar Amarelo (Mar Ocidental), próximo à tensa fronteira com a Coreia do Norte, ignorando as ameaças do regime comunista e as críticas da Rússia e da China. Com o mundo em alerta, os exercícios ocorreram sem incidentes durante cerca de uma hora e meia em frente à ilha sul-coreana de Yeonpyeong, que no mês passado foi atingida pelo regime de Kim Jong-il com disparos de artilharia que mataram quatro pessoas. Segundo a agência sul-coreana "Yonhap", um porta-voz da Junta de Chefes do Estado-Maior sul-coreana disse que não houve nenhuma "provocação" do regime norte-coreano durante as manobras, que contaram com dez navios de guerra, caças de combate F-15 e canhões K-9. Os 280 habitantes da ilha de Yeonpyeong foram deslocados para refúgios diante das ameaças da Coreia do Norte, que havia advertido para a possibilidade de um ataque mais agressivo caso os exercícios fossem realizados em águas que o regime considera seu território. Pyongyang não reconhece a linha de fronteira marítima traçada em 1953 no final da Guerra da Coreia (que terminou com um armistício e não com um tratado de paz) e o Mar Amarelo foi palco de frequentes confrontos entre ambos os vizinhos. Esta foi a quarta ocasião que os militares sul-coreanos realizaram manobras na região desde a troca de tiros de artilharia, que aconteceu exatamente quando estavam sendo feitos exercícios das tropas do Sul. Por conta disso, Moscou e Pequim haviam pedido a Seul que desistisse de organizar as manobras e o embaixador russo convocou uma reunião do Conselho de Segurança da ONU neste domingo, que acabou sem acordo diante das profundas divergências entre seus membros. Enquanto a China e a Rússia acreditam que esta exibição militar pode aumentar o risco de um confronto armado na península coreana, os Estados Unidos, que têm 28.500 soldados na região, defendem que a Coreia do Sul tem o direito de realizar este tipo de exercícios. O presidente sul-coreano, Lee Myung-bak, qualificou como "natural" que um Estado soberano realize manobras defensivas, "sobretudo se for uma nação dividida em confronto militar", e disse que nenhum outro país pode intervir no caso. Lee foi criticado por sua morna reação ao incidente com a Coreia do Norte em 23 de novembro, o mais sério desde o final da guerra há quase seis décadas. Apesar das ameaças anteriores, o regime comunista não se manifestou a respeito das manobras militares desta segunda-feira. Bill Richardson, governador do Novo México (EUA) e enviado americano à Coreia do Norte, está em Pyongyang e teria firmado nesta segunda-feira um compromisso com o regime de Kim Jong-il para que o retorno dos inspetores da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) ao país fosse permitido. Em abril de 2009, o regime comunista expulsou pela última vez os inspetores da AIEA que supervisionavam suas instalações atômicas, uma medida que já havia tomado em 2003, quando decidiu abandonar o Tratado de Não-Proliferação Nuclear (TNP). O Governo de Kim Jong-il busca há muito tempo a retomada das negociações para sua desnuclearização em troca de incentivos econômicos, mas a Coreia do Sul, os Estados Unidos e o Japão reivindicam primeiro uma solução à crise atual. Esse diálogo multilateral, do qual participam desde 2003 a China e a Rússia, está paralisado há dois anos por iniciativa de Pyongyang, conhecida por suas táticas imprevisíveis e constantes mudanças de opinião.

Fonte: Terra Brasil
Laurent Gbagdo

UE sanciona Ggagbo, aumentando seu isolamento

O isolamento de Laurent Gbagdo, um dos dois presidentes proclamados da Costa do Marfim, aumentou ainda mais nesta segunda-feira com a imposição de sanções por parte da União Europeia (UE), no dia seguinte a acusações de corrupção "em massa" feitas pela ONU contra seu partido. Choi Young-Jin, o chefe do Onuci, a Operação das Nações Unidas na Costa do Marfim, igualmente denunciou nesta segunda-feira a disseminação de "atos hostis" cometidos desde o dia 15 de dezembro "pelo presidente Gbagbo contra a comunidade internacional, incluindo o corpo diplomático". Ele afirmou que, desde sábado, a aliança de Gbagbo teria "começado a enviar jovens armados às residências de funcionários das Nações Unidas para (...) perguntar a data de partida deles ou (...) para fazer buscas, sob o pretexto de procurar armas". "Essas visitas ocorreram, sobretudo, à noite", precisou Choi. Em Bruxelas, a UE decidiu durante uma reunião de especialistas punir Gbagbo e 18 de seus aliados, incluindo sua esposa, proibindo-os de viajar pelo território. A decisão deve ser confirmada por escrito até quarta-feira pelos Estados membros da UE para, assim, entrar em vigor. Através da voz do presidente Nicolas Sarkozy, a França, antiga potência colonial na Costa do Marfim, lançou na sexta-feira passada um ultimato a Gbagbo, convidando-o a deixar o poder até ontem à noite sob pena de ser bombardeado com sanções. No término do segundo turno da eleição presidencial do dia 28 de novembro, Alassane Ouattara foi designado vencedor com 54,10% dos votos pela Comissão Eleitoral Independente, mas o Conselho Constitucional, favorável a Laurent Gbagbo, invalidou esses resultados certificados pela ONU e proclamou a reeleição de Gbagbo. A decisão das sanções da UE ocorre no dia seguinte às acusações feitas pela Alta Comissária de Direitos Humanos da ONU, Navi Pillay. De acordo com ela, violências contra partidários de Alassane Ouattara fizeram nestes "três últimos dias mais de 50 mortos". Ela denunciou ainda "violações em massa dos Direitos Humanos", mencionando em particular sequestros cometidos à noite por "indivíduos armados não identificados com uniformes militares", acompanhados de soldados e milicianos fiéis a Laurent Gbagbo. O ministro do Interior de Gbagbo, Emile Guiriéoulou, rejeitou essas últimas acusações, falando de um "relatório partidário". "As violências destes últimos dias fizeram quase 14 mortos por tiros nas fileiras das Forças de Defesa e de Segurança (FDS)" aliadas a Gbagbo, afirmou ele à AFP. A ex-rebelião das Forças Novas (FN) pede, por sua vez, à ONU que "endureça" a ação de suas forças na Costa do Marfim, ante os atos de violência contra a população marfiniense. "Nós queremos que a ONU e a comunidade internacional ultrapassem as condenações e declarações para agir de maneira verdadeira no território e salvar o povo da Costa do Marfim", declarou o porta-voz das FN em Bouaké, Félicien Sékongo, no fim de uma entrevista com os dirigentes militares do destacamento da Onuci. O Conselho de Segurança da ONU deve se reunir nesta segunda-feira para estudar a prolongação de sua missão na Costa do Marfim para além do dia 31 de dezembro.

Fonte: AFP
 O Secretário dos Direitos Humanos Paulo Vannuchi

 

Despesas com Justiça reduziram entre 2004 e 2006

As despesas públicas com a Justiça corresponderam a 4,7% do orçamento dos estados em 2006, enquanto em 2004 essas mesmas despesas ficaram em 4,9%. Os dados são do 4º Relatório Nacional sobre Direitos Humanos elaborado pelo Núcleo de Estudos da Violência da USP (Universidade de São Paulo), apresentado nesta segunda-feira, na capital paulista. O estudo abrange o período de 2005 a 2007.  O relatório mostra que em 2007 o número de juízes para cada 100 mil habitantes era de 6 e em 2004 era de 5,4. A taxa média nacional de congestionamentos das justiças estaduais passou de 80,7% em 2004 para 80,5% em 2007. O relatório aponta ainda que o acesso às informações da Justiça evoluiu em todos os estados do país. Entretanto, há 1,9 defensor público para cada 100 mil habitantes. De acordo com o relatório, em 2007 havia no Brasil 422.373 pessoas encarceradas, com aumento de 16,9% ante 2005. O número de mulheres presas cresceu entre 2005 e 2007, 27,5%. Entre os adolescentes cumprindo medida de internação houve aumento de 17,1% em 2006 na comparação com 2004 quando haviam 15.791 jovens em internatos.    Na avaliação do ministro da Secretaria dos Direitos Humanos, Paulo Vannuchi, é fundamental ter estatísticas sobre os direitos humanos para que se possa avaliar e com números consistentes elaborar e dar andamento em políticas públicas adequadas. "Nós não podemos ficar o resto da vida na subjetividade das opiniões. A autoridade pública tem que pegar um relatório como esse e estudar".  O pesquisador do núcleo, Fernando Salla, disse que é difícil elaborar o relatório porque há muita dificuldade de obter os dados organizados. "Um dos critérios básicos de uma sociedade democrática é a transparência de dados para que os cidadãos possam estar bem informados a respeito da sociedade em que vivem e dos problemas que enfrentam e das ações que os governos devem empreender para resolver essas problemas ou minimizar seus efeitos".


Fonte: Diário do Grande ABC e Agência Brasil
Diego Fernández de Cevallos

Ex-candidato presidencial mexicano libertado depois de 7 meses de sequestro 


O ex-candidato presidencial mexicano Diego Fernández de Cevallos, do partido governante PAN, foi libertado depois de sete meses de sequestro, anunciou nesta segunda-feira Fauzi Hamdan, um ex-parlamentar ligado ao político, que atuou como porta-voz da família. Minutos antes da declaração de Hamdan, o canal Televisa - o principal do México - assegurou que Fernández de Cevallos havia recobrado a liberdade e estava junto dos familiares. Cevallos, de 69 anos, candidato presidencial do partido Ação Nacional (PAN) em 1994, estava desaparecido desde 15 de maio, depois de entrar com seu carro na fazenda de sua propriedade, no estado de Queretaro.

Fonte: Terra Brasil
Andrés Sanchez
 
Duílio Monteiro Alves será diretor adjunto do Corinthians

O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, resolveu inchar o departamento do clube antes do término da temporada. Nesta segunda-feira, via nota oficial no site do clube, o dirigente anunciou que Duílio Monteiro Alves será diretor adjunto do departamento de futebol. Duílio Monteiro Alves, que era diretor do Departamento Cultural, vai trabalhar com Roberto de Andrade, novo diretor de futebol do alvinegro de Parque São Jorge. Alves era ex-diretor cultural do Timão e responsável pela organização das comemorações do centenário, enquanto Andrade entrou na vaga de Mário Gobbi que se desligou do cargo após o Campeonato Brasileiro.

Fonte: Portal Agência Futebol do Interior
 
O meia-atacante Wesley

 Atlético-MG confirma meia-atacante Wesley como 5º reforço para 2011

Depois de fazer exames médicos na manhã desta segunda-feira, na capital mineira, o meia-atacante Wesley, de 29 anos, foi confirmado, na parte da tarde, como o quinto reforço do Atlético-MG para a próxima temporada. A exemplo do que aconteceu nas quatro contratações anteriores, a oficialização do negócio foi feita pelo presidente Alexandre Kalil, por meio do twitter. Segundo o dirigente atleticano, o jogador de 29 anos acertou contrato de dois anos com o clube mineiro, que mais uma vez adquiriu parte dos direitos econômicos do atleta. “Acertamos com o Wesley. Dois anos de contrato, 50% do Galo”, disse Alexandre Kalil. O mandatário atleticano utilizou também o microblog para anunciar quatro reforços, na semana passada: o lateral-direito Patric, que defendeu o Avaí no Brasileirão deste ano; os volantes Toró e Richarlyson, ex-jogadores de Flamengo e São Paulo, respectivamente, e o atacante Magno Alves, que atuou pelo Ceará no último Campeonato Brasileiro. Wesley chegou na manhã desta segunda-feira, no Aeroporto da Pampulha, seguindo para uma clínica, na Região Hospitalar, de Belo Horizonte, onde realizou os exames médicos tradicionais. Depois se reuniu, juntamente com o seu empresário Adriano Spadotto, com o diretor de futebol, Eduardo Maluf, e o presidente Alexandre Kalil. O meia-atacante, que marcou 10 gols em 27 jogos pelo Grêmio Prudente, espera aproveitar sua primeira oportunidade em um grande clube. Antes de defender o time que terminou o Brasileirão na lanterna e que foi rebaixado para a Série B, ele só atuado por times de menor expressão. “O projeto para mim é ser bem feliz aqui, poder jogar conquistar coisas no Atlético Mineiro para conquistar objetivos pessoais também na minha carreira”, ressaltou Wesley. Antes de atuar pelo Grêmio Prudente, ele vestiu as cores de Barretos, time do interior de São Paulo; Itumbiara, de Goiás, Rio Preto e Mirassol também de São Paulo, e Chunnam Dragons, da Coreia do Sul.

Fonte: UOL - Esporte - Futebol

 

 
Mark Zuckerberg

Fundador do Facebook tenta mudar sua imagem

Em uma conferência seis meses atrás, o presidente-executivo do Facebook estava literalmente banhado em suor ao enfrentar questões duras sobre as práticas da empresa quanto à privacidade e um filme em produção que o retratava como manipulador e arrogante. Na quarta-feira, porém, um retrato elegante e sem transpiração de Mark Zuckerberg, 26, enfeitava a capa da revista Time, que o escolheu como personalidade do ano, o que coroa uma das mais notáveis transformações na história empresarial dos Estados Unidos. A reformulação da imagem pública de Zuckerberg atraiu atenção; ele fez uma grande doação ao sistema de educação pública do Estado de Nova Jersey em setembro e concedeu entrevistas em programas de TV como o 'Oprah Winfrey Show' e '60 Minutes'. Tudo isso ocorreu enquanto o Facebook, maior serviço mundial de redes sociais on-line, via sua influência e sua audiência de 'amigos' disparar. O Facebook talvez não precise de um Zuckerberg sorridente e dotado de imagem positiva, mas isso certamente não atrapalha. 'Ele é o rosto da companhia', disse Paul Argenti, professor de comunicação empresarial na Tuck School of Business, Universidade Dartmouth, que disse que 'A Rede Social', o filme de sobre a controvertida criação do Facebook em um alojamento de alunos da Universidade de Harvard, em 2004, 'colocou a reputação dele (Zuckerberg) em jogo'. 'Ele está em meio a uma campanha para repará-la', disse Argenti. O filme, que relata as alegações de que Zuckerberg roubou as ideias para o Facebook de um projeto paralelo concebido por colegas de universidade (o que gerou um processo judicial encerrado por acordo), saiu ao mesmo tempo em que começaram a surgir em blogs informações de que Zuckerberg havia demonstrado pouco respeito para com a privacidade dos usuários do Facebook nos primeiros dias da empresa. A mudança vai além da imagem. O executivo ruivo, cujo patrimônio foi estimado em 6,9 bilhões de dólares pela revista Forbes, recentemente, era desajeitado em entrevistas no passado, e sua expressão o fazia parecer distante. Mas nos últimos meses, ele vem demonstrando mais conforto em suas interações com jornalistas. Não se sabe se Zuckerberg simplesmente aprendeu a se sentir mais confortável diante da mídia como resultado de uma série de entrevistas e anúncios de produtos, se ele se preparou especificamente para isso ou se a mudança resulta de uma combinação dos dois fatores. Alguns observadores da indústria consideram os esforços de imagem de Zuckerberg como uma reminiscência de outra figura famosa do setor de tecnologia. Bill Gates, co-fundador da Microsoft, foi frequentemente criticado pelas práticas concorrencias de sua empresa e personalidade áspera durante a década de 1990. Essa imagem mudou nos últimos anos, principalmente depois que Gates se concentrou em trabalho filantrópico, que lhe rendeu uma capa da revista personalidade do ano da Time em 2005, junto com sua esposa Melinda Gates e o astro do rock Bono, da banda U2.

Gates e o astro do rock Bono, da banda U2. 

Fonte: G1.com.br e Agência Reuters

A senadora Serys Slhessarenko
 
Serys apresenta relatório do orçamento geral da União

Caso o Congresso Nacional aprove nesta semana o substitutivo apresentado no domingo (19) pela senadora Serys Slhessarenko (PT-MT), a União ganhará no próximo ano um Orçamento de R$ 2,073 trilhões, mas um terço desse valor (R$ 678 bilhões) tem caráter meramente contábil, por se destinar ao refinanciamento da dívida pública mobiliária federal. Quase 83% das despesas primárias são de caráter obrigatório, o que, na avaliação da relatora-geral, evidencia "o elevado grau de rigidez orçamentária". Mesmo dentro de limites tão estreitos, os parlamentares fizeram várias mudanças na proposta original do Executivo. Assim, por exemplo, a ampliação de recursos destinados ao Sistema Único de Saúde (SUS) em mais de R$ 1 bilhão deve atenuar distorções na distribuição, aos estados, do dinheiro para custeio de procedimentos e média e alta complexidade. Também por força das mudanças feitas no Congresso, duas iniciativas na área social devem ser reforçadas - o programa Bolsa Família, com mais R$ 1 bilhão, e o atendimento de demandas judiciais de aposentados e pensionistas, com R$ 2,5 bilhões. O socorro a vítimas de calamidades públicas terá R$ 20 milhões. Emendas feitas à proposta original viabilizaram recursos para vários programas das Forças Armadas, entre eles o que permitirá a incorporação de 70 mil recrutas ao Exército. Segundo a relatora-geral, trata-se de uma medida que proporcionará maior capacitação e oportunidade para os jovens. Outra mudança na proposta permitirá a transferência de R$ 3,9 bilhões a estados e municípios a título de compensação por perdas causadas pela desoneração tributária de produtos para exportação (Lei Kandir). O arredondamento do valor do salário mínimo (de R$ 538,15 previstos no projeto do Executivo para R$ 540, como consta do substitutivo da relatora) exigiu recursos no montante de R$ 853 milhões. Investimento. Mesmo com um aumento de R$ 12,1 bilhões viabilizado por emendas parlamentares, os investimentos diretos da União continuarão pequenos para o tamanho dos gargalos de infraestrutura que dificultam o desenvolvimento econômico. Como observa a relatora-geral, eles correspondem a apenas 4% do Orçamento de 2011 e estão distantes das necessidades do país. No substitutivo, estão previstos R$ 63,5 bilhões para investimentos, contra R$ 51,4 bilhões da proposta original do governo (PLN 59/10). Desse total, R$ 25,9 bilhões representam iniciativas do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Estão alocados ainda R$ 107,5 bilhões para investimentos de 110 estatais - uma parte do Orçamento não modificada por emendas parlamentares. A maior parte desse total será executada pelas empresas vinculadas ao Ministério de Minas e Energia (R$ 99,4 bilhões), seguidas pelas subordinadas aos ministérios da Fazenda (R$ 3,8 bilhões) e da Defesa (R$ 2,2 bilhões). Copa do Mundo. Apesar do corte de R$ 3 bilhões negociado pelo Ministério do Planejamento com a relatora-geral, foram acrescentados à proposta R$ 360 milhões para a execução de obras relacionadas à realização da Copa do Mundo de 2014, distribuídos entre 12 estados-sede, conforme indicação das respectivas bancadas. A própria implementação do corte traz uma inovação: os R$ 3 bilhões passaram a compor reservas de contingência vinculadas a cada um dos órgãos alcançados pela contenção. Esse mecanismo permitirá ao governo reavaliar, no decorrer do exercício de 2011, a possibilidade de realização dessas despesas, "tendo em conta o desempenho da arrecadação federal e a necessidade de cumprir a meta do superávit primário". Se ganha carta branca do Congresso para gastar ou não esses R$ 3 bilhões, o governo terá de conviver com uma limitação imposta pelo substitutivo na execução orçamentária em 2011: o substitutivo veda o cancelamento de quaisquer valores incluídos ou acrescidos por emendas parlamentares. Essa proibição não constava do projeto original do Executivo. Obras irregulares Das obras que integram o programa de investimentos da União e das estatais, 32 caíram na malha de fiscalização do Tribunal de Contas União (TCU) com indícios de irregularidades graves que poderiam impedir a continuidade da aplicação de recursos do Orçamento de 2011. O relatório de Serys destacou, na solução desse problema, a ação do Comitê de Avaliação das Informações sobre Obras e Serviços com Indícios de Irregularidades Graves (COI). Como resultado de reuniões promovidas pelo COI com representantes do TCU e gestores desses empreendimentos, o número de obras impedidas de receber recursos federais caiu para apenas seis - o menor desde que a sistemática foi instituída pela Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

Fonte: Só Notícias e Agência Brasil
O Papa Bento XVI

Papa: A Igreja deve questionar seus erros
O Papa Bento XVI afirmou nesta segunda-feira que a Igreja deve questionar os próprios erros, para que escândalos, como os casos de pedofilia envolvendo religiosos, não se repitam. "Devemos discutir o que é errado... na nossa maneira de definir o que é um cristão", disse o papa, ao receber membros da cúria romana para as felicitações de Natal. Em discurso, no qual apresenta um panorama do ano que passou, Bento XVI destaca longamente a "humilhação" vivida pela Igreja Católica em seguida aos escândalos que a abalaram neste período: "devemos acolher esta humilhação como exortação à verdade e um apelo à renovação", disse ele. Segundo o papa, a Igreja deve deve "se interrogar sobre o que poderá fazer para reparar o máximo possível (esta) injustiça" e "ser capaz de penitência". Repetiu ter sido "abalado" por estes escândalos, com dimensão "inimaginável", que "ferem profundamente a pessoa humana na sua infância, causando dano para toda a vida". O olhar da Igreja "cobriu-se de poeira" durante o Ano sacerdotal (ano dedicado aos padres, de junho de 2009 a 2010), lamentou ele. Afirmando estar "consciente da gravidade particular deste pecado cometido pelos padres e da responsabilidade correspondente" da Igreja, acrescentou: "não se pode calar o contexto no qual os acontecimentos se produziram". "Existe um mercado de pornografia infantil, que parece, de uma certa forma, ser sempre e mais considerado pela sociedade como coisa normal", precisou. "Nos anos 70, a pedofilia foi teorizada como coisa pertencente ao homem e à criança", acrescentou ele. E nesta época, "a moral cessou de existir", disse ainda. Denunciou também "o turismo sexual" que "ameaça toda uma geração e atinge sua liberdade e dignidade", e a "droga" que, "com uma força crescente, estende seus tentáculos sobre o globo terrestre inteiro". Desde a revelação há um ano de centenas de abusos cometidos na Irlanda, escândalos semelhantes explodiram nos Estados Unidos e em vários países da Europa, entre eles a Alemanha, país natal do papa, provocando a mais grave crise no seio da Igreja Igreja Católica nas últimas décadas.

Fonte: AFP

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Paulo Maluf

 Liminar do TSE garante mandato de Maluf na Câmara

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Marco Aurélio Mello concedeu hoje uma liminar que garante ao deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) o direito de ser diplomado para um novo mandato na Câmara. Na decisão, Marco Aurélio levou em conta o fato de o Tribunal de Justiça (TJ) de São Paulo ter anulado no início da semana uma condenação que existia contra o deputado. Antes da decisão do TJ, Maluf era considerado um político "ficha-suja", já que tinha sido condenado num processo em que foi acusado de improbidade e fraude à licitação na aquisição de frangos no período em que ele foi prefeito de São Paulo. "As idas e vindas no campo eleitoral geram sempre perplexidade. No entanto, o que incumbe perceber é que o motivo do indeferimento do registro já não subsiste, ante a decisão prolatada pela Sétima Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de São Paulo (que absolveu Maluf)", afirmou o ministro, no despacho. "Havendo sido alcançada a vitória pelo ora autor - presentes o quociente eleitoral e o partidário -, que se concretize a cabível diplomação." Marco Aurélio tomou a decisão a favor de Maluf um dia após o plenário do TSE ter resolvido que os partidos e as coligações não podem herdar os votos dados a candidatos "fichas-suja" que não conseguiram o registro de suas candidaturas até agora. A decisão de ontem foi tomada durante o julgamento de um recurso do candidato a deputado estadual Ocivaldo Serique Gato (PDT-AP). Num primeiro momento, o Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP) tinha concedido o registro a ele. Mas no dia 6 de outubro, o TSE concluiu que o político não poderia ter obtido o registro. Gato não tinha conseguido reverter essa última decisão até ontem e por isso a Corte concluiu que ele não poderia ser diplomado nem o seu partido poderia ficar com os votos. 

Fonte: Estadão - Mariângela Gallucci - Agência Estado
Assange
 

Assange se diz 'preocupado' com eventual extradição aos EUA

 
O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, procurado na Suécia por supostos crimes sexuais, se declarou "preocupado" nesta quinta-feira com uma eventual extradição aos Estados Unidos, país onde cresce a indignação pelas revelações feitas no site especializado em divulgação de despachos diplomáticos. "Há muito mais preocupação de que eu seja extraditado aos Estados Unidos", disse Assange a jornalistas, após recuperar a liberdade sob fiança por decisão de um juiz que rejeitou um recurso apresentado pelos advogados que representam os interesses da Suécia no processo de extradição para este país. "Há um rumor hoje (quinta-feira), segundo meu advogado nos Estados Unidos, que ainda não está confirmado, de que haveria uma acusação formal apresentada contra mim no país", acrescentou Assange. As autoridades americanas ameaçaram em várias ocasiões levar o fundador do WikiLeaks à Justiça pela difusão de 250.000 telegramas comprometedores do Departamento de Estado e de suas embaixadas no mundo. Os advogados de Assange têm denunciado, desde o princípio do caso, as motivações políticas que, segundo eles, estão por trás da solicitação de extradição da Suécia, que temem que seja apenas uma etapa para a posterior entrega de seu cliente aos Estados Unidos.

Fonte: Jornal do Brasil
 
Sérgio Cabral

 

'Quando o jogo passa a ser ilegal, ninguém ganha', diz Cabral

O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, defendeu nesta quinta-feira, 16, a existência do jogo legalizado no país durante um evento para doação de ambulâncias e vans para instituições beneficentes. Os veículos foram comprados através de uma parceria entre o Rio Solidário e a Loteria do Rio (Loterj). Referindo-se à votação que proibiu a legalização dos bingos na última terça-feira, 14, o governador declarou: "O Congresso Nacional acabou de derrubar o bingo, mas muitos países têm o jogo legalizado. Quando o jogo passa a ser ilegal ninguém ganha. A Loteria do Rio é um exemplo didático do bom uso do lucro, do resultado de um jogo legal. É preciso ter um controle apenas." A Câmara dos Deputados barrou na terça-feira projeto de lei que autorizava a atividade de bingos. O texto final, que excluía as máquinas caça-níqueis e previa a destinação de receita para áreas como saúde e segurança, seguiria para o Senado Federal e sanção presidencial, caso fosse aprovado. 

Fonte: Estadão
Celso Amorim

 Mercosul antecipa estudo sobre entrave ao livre comércio

Os ministros das Relações Exteriores do Mercosul decidiram hoje antecipar em quatro anos, de 2015 para 2011, a conclusão do processo de identificação das barreiras ao livre comércio de serviços dentro do bloco. Esse processo vinha sendo efetuado por meio de rodadas negociadoras ao amparo do Protocolo de Montevidéu sobre o Comércio de Serviços. Com isso, os integrantes do bloco podem iniciar o processo de eliminação das barreiras ainda existentes, de maneira a alcançar, em mais breve prazo, a livre circulação de serviços prevista no Tratado de Assunção. O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Celso Amorim, fez esses comentários hoje logo depois de participar da reunião do Conselho do Mercado Comum, em Foz do Iguaçu (PR). Amorim destacou a importância da assinatura dos acordos não apenas entre os países do Mercosul, mas também com outros países, lembrando do acordo assinado com Cuba. Segundo Amorim, o acordo com Cuba refere-se a consultas políticas e, se possível, transformar o país em membro associado do Mercosul no futuro. Ele assegurou que não há convite para Cuba se tornar membro permanente do bloco. Em relação à entrada da Venezuela, que depende ainda de aprovação do Paraguai, Amorim disse que acredita que os problemas, que classificou como "normais" e "parte da democracia" serão vencidos ainda no primeiro semestre de 2011. Na reunião de hoje foi aprovada ainda a criação do cargo de Alto Representante Geral do Mercosul. A sugestão de criação do cargo foi do Brasil, que preside o Mercosul no momento. Com um mandato de três anos, renovável por mais três anos, uma única vez, o alto representante do Mercosul deverá "atuar como um facilitador de consensos, com funções de articulação política e representação do bloco, contribuindo também para gerar um pensamento comum (dos integrantes da organização)". Celso Amorim declarou que o cargo não foi criado pensando em uma determinada pessoa. "Não sou candidato", disse ele. Ressaltou, ainda, que o facilitador de entendimentos não deve ser alguém no patamar de ex-presidente da República. Na reunião de hoje, o ministro indicado das Relações Exteriores, Antônio Patriota, agradeceu o apoio dos integrantes do bloco à sua nomeação e confirmou a disposição do novo governo de dar prosseguimento aos compromissos assumidos com o Mercado Comum. O embaixador Antônio Ferreira Simões, subsecretário geral de América do Sul e Caribe do Itamaraty, falou da importância da consolidação da união aduaneira e avisou que os governos dos países estão trabalhando também para melhorar a vida das pessoas por meio de uma série de medidas. Estão em estudo a facilitação do reconhecimento de diplomas, de integração de cadastros de previdência social e trabalhista, além da criação de um espaço comum de livre circulação de pessoas no Mercosul, além da criação da placa de veículos unificada, tudo em período de até dez anos.

Fonte: Estadão - Tania Monteiro
 
Lula
 
Lula bate novo recorde de aprovação de acordo com pesquisa CNI/Ibope

O governo Lula bateu novo recorde de aprovação, segundo pesquisa do Ibope encomendada pela Confederação Nacional da Indústria. O levantamento também revela a expectativa dos brasileiros em relação ao governo Dilma. A maioria está otimista. Dos entrevistados, 62% acreditam que a presidente eleita fará um governo ótimo ou bom, enquanto 19% crêem que será regular, 11% não sabem ou não responderam, e 9% disseram que a gestão será ruim ou péssima. Em comparação ao atual governo, 58% dos questionados acreditam que Dilma fará uma gestão igual, 18% melhor, e 14% pior do que a atual. Cerca de 10% não sabem ou não responderam. O levantamento mostra ainda o governo Lula com 80% de aprovação, o maior resultado alcançado pelo presidente ao longo dos oito anos de mandato. Dos entrevistados, 16% classificaram a gestão como regular e 4% como ruim ou péssima. A avaliação do presidente também superou as pesquisas anteriores: Lula chega ao fim do mandato com 87% de aprovação. No Nordeste, o índice vai a 95%, contra 80% no Sul, 85% no Sudeste e 90% no Centro-Oeste e Norte do país.



Fonte: Canal Rural
Cielo
 
Na busca de recorde, Cielo lidera eliminatória dos 50 m em Dubai

O nadador César Cielo segue tentando quebrar um recorde no Mundial de Piscina Curta em Dubai, fato que nenhum atleta ainda conseguiu na atual edição da competição. Na 16ª eliminatória dos 50 m livre, o brasileiro fez o melhor tempo ao nadar a 21s06 e será o primeiro nadador nas semifinais da tarde desta quinta-feira. Cielo ainda não conseguiu baixar o tempo para a casa de 20s, mas segue ficando cada vez mais próximo de obter a marca mesmo sem os "super-maiôs", proibidos pela Federação Internacional de Natação (FINA). Cielo contou que o nervosismo atrapalhou um pouco seu desempenho durante a prova. "Foi uma noite difícil, ainda com a adrenalina da medalha de ontem (quarta), e hoje (quinta) totalmente na prova, mas na semifinal vou entrar de uma forma mais agressiva, bem concentrado, para tentar baixar o recorde sul-americano (20s74)", afirmou Cielo. O recorde foi atingido por Nicholas Santos em 2009, na etapa de Berlim da Copa do Mundo de Natação. Na prova dos Emirados Árabes, ele ficou apenas na 16ª colocação, mas conseguiu se classificar à semifinal. "Claro que não vai ser fácil. Está todo mundo pertinho, mas o objetivo é estar no pódio. Se vier o ouro, melhor", comentou Nicholas, que nadou a 21s71. O norte-americano Nathan Adrian teve o segundo melhor tempo da penúltima eliminatória dos 50 m, com 21s11. Com um centésimo a mais, o eterno rival de Cielo, Frederik Bousquet, ficou em terceiro. Ainda nesta quinta-feira, o revezamento 4 x 200m disputa a sua final após uma eliminatória em que o time brasileiro ficou muito perto de bater o recorde da competição. Rodrigo Castro, Nicolas Oliveira, Lucas Kanieski e Fernando Santos nadaram a 7min06s20, ficando muito próximo da melhor marca da história da competição, 7min06s09, obtida por Rodrigo, Cielo, Thiago Pereira e Lucas Sallata em 2006. Na tarde desta quinta, os brasileiros terão presença marcada em outra decisões: 100 m costas, com Guilherme Guido; 100 m peito, com Felipe França Silva; e 100 m borboleta, com Kaio Márcio Almeida.

Fonte: Terra Brasil